Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Saúde Federal protesta nesta segunda (10), às 10h, no HFSE

06/04/2017

Da Redação do Sindsprev-RJ

Por Hélcio Duarte Filho

 

Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE), às 10 horas da próxima segunda-feira (10). É esse o horário, dia e local da manifestação conjunta dos servidores da Saúde Federal de todas as unidades e setores que questionará o modo como o ponto eletrônico está sendo implantado nos locais de trabalho, defenderá a jornada de 30 horas semanais para todos e repudiará a tentativa do governo federal de aprovar projetos que retiram direitos trabalhistas e previdenciários.

 

É na força da unidade, coesão e atuação articulada da categoria que os servidores apostam para reverter mais uma vez a tentativa do governo federal de implantar a ferro e fogo o ponto biométrico nos hospitais. Isso ficou explícito nas resoluções aprovadas na assembleia setorial, realizada na terça-feira (4), na sede do Sindsprev-RJ, com a participação de representantes da maioria das unidades.

 

Após mencionar os problemas constatados nas máquinas e no sistema biométrico que está sendo implantado, os servidores assinalaram não serem contra o controle de frequência nas unidades, mas discordarem desse modelo, considerado inadequado para quem não trabalha numa fábrica, mas em instituições nas quais são comuns situações em que em minutos uma vida pode ser salva ou perdida.

 

Reformas

 

Na assembleia, os servidores também fizeram uma associação do que se passa hoje nos hospitais federais com as políticas mais gerais adotadas pelo governo de Michel Temer. Tais políticas, afirmaram, apontam para o esvaziamento dos serviços públicos, aprofundamento das privatizações, fim dos concursos públicos e retirada de direitos históricos om as reformas da Previdência e Trabalhista. Com base nisso, aprovaram ainda inserir nas mobilizações a construção da greve geral convocada pelas centrais sindicais para o dia 28 de abril.

 

Ato no Nerj

 

A assembleia definiu ainda pela realização de uma nova manifestação conjunta em frente à coordenação do Ministério da Saúde no Rio, na rua México 128, no Centro da cidade. A data desse ato, no entanto, ficou condicionada à marcação, por meio do coordenador do MS no Rio, Jair Veiga, de reunião com representantes nacionais do ministério no Rio. A expectativa era de que essa reunião ocorresse ainda na primeira quinzena de abril, mas, de acordo com o Nerj, o mais provável é que só aconteça no dia 23 ou 24 desse mês.

 






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec