Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

GT da Saúde Federal reúne-se nesta quinta (21/9), no Sindsprev/RJ

14/09/2017


Cartaz de divulgação do GT da Saúde Federal

Arte: Virginia Aor

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione e Olyntho Contente

O Sindsprev/RJ convoca os servidores dos hospitais e institutos federais do Rio para reunião do Grupo de Trabalho (GT) da saúde federal que acontece nesta quinta-feira, 21/9, a partir das 17h, no auditório do sindicato (rua Joaquim Silva, 98 – térreo, Lapa). Na pauta: discussão do indicativo de greve para a saúde federal e luta contra a arbitrária implementação do ponto eletrônico (controle biométrico) nas unidades de saúde.

Se você é da saúde federal, compareça. A situação nos hospitais chegou a níveis insuportáveis por conta da política de privatização e sucateamento implementada pelo governo Temer (PMDB) e seu ministro da saúde, Ricardo Barros, que vem provocando o fechamento de inúmeros setores e clínicas e a tentativa de entregar a administração das unidades federais a grupos privados como o Sírio e Libanês.

Mobilizações continuam nos hospitais e institutos federais

Por isso mesmo continuam sendo realizadas, nos hospitais federais, as mobilizações convocadas pela Frente em Defesa dos Institutos e Hospitais Federais do Rio. Dia 30 de agosto, por exemplo, uma grande manifestação no Instituto Nacional de Cardiologia de Laranjeiras repudiou as políticas de Temer e Barros e questionou a mudança de diretores daquela unidade.
Dia 1/9 foi a vez de os servidores do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) também protestarem contra o sucateamento da unidade, questionando a privatização e a implementação do ponto eletrônico. Na ocasião, os servidores rebateram todos os falsos argumentos apresentados por uma comissão de representantes do DGH (Nerj) que visitava a unidade naquele mesmo dia.

Os servidores do HFB comprovaram, perante os representantes do DGH, que as máquinas de ponto eletrônico não funcionam ou funcionam sem registrar a frequência. Também há casos em que as máquinas registram a presença de um servidor, mas com matrícula de outro. Problemas como esses comprovam a total inadequação do ponto eletrônico para os hospitais e institutos federais.

A mais recente manifestação convocada pela Frente aconteceu na última terça-feira, 12/9, no Hospital Federal da Lagoa, com participação de servidores de outras unidades federais.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec