Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Saúde Federal  

Hospital de Bonsucesso: corpo clínico pode parar contra falta de pessoal na nova emergência

07/03/2018

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

O presidente da Federação Nacional dos Médicos (Fenam), Jorge Darze, vai entregar à Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde, em Brasília, documento do corpo clínico do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), no qual os profissionais relatam a impossibilidade de pleno funcionamento do setor, inaugurado dia 28/2 sem o quantitativo de profissionais necessário. A previsão é de que Darze entregue o documento à SAS nesta quarta-feira (7/3).

A disposição do corpo clínico do Hospital de Bonsucesso é de paralisar as atividades na nova emergência, a partir de segunda-feira (12/3), caso não haja contratação de pessoal necessário ao funcionamento do setor.

Entre outros pontos, a Fenam vai frisar, junto ao Ministério da Saúde, que o funcionamento da nova emergência sem o pessoal necessário coloca em risco a vida da população e o trabalho dos profissionais de saúde.

Relatórios também serão entregues ao defensor público Daniel Macedo e ao Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj).

Protesto na inauguração da nova emergência

Com faixas e cartazes, servidores e pacientes do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) denunciaram, na manhã de 28/2, a forma precária como foi reaberta a emergência da unidade, após seis anos de obras que, segundo levantamento da Defensoria Pública da União (DPU), custaram R$ 21 milhões. A denúncia foi feita durante ato unificado, em frente à entrada principal do HFB, organizado pelo Sindsprev/RJ.

Com capacidade para 64 leitos, a nova emergência substituiu a antiga ‘emergência de lata’, que funcionou, de 2012 a 2018, de forma improvisada, em três containers com capacidade total de 30 leitos. Também segundo a DPU, o aluguel dos referidos containers, nesses seis anos, custou cerca de R$ 26 milhões.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec