Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Saúde Federal  

Nesta terça (16/10) todos ao GT da Vigilância em Saúde (ex-Funasa)

10/10/2018


Ao lado, cartaz de digulgação do GT da Vigilância em Saúde

Arte: Virginia Aor

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

O Sindsprev/RJ convoca os servidores da Vigilância em Saúde (ex-Funasa) para reunião do Grupo de Trabalho (GT) da categoria, que acontece nesta terça-feira (15/10), a partir das 15h, no auditório do sindicato (Rua Joaquim Silva, 98 – 3º andar). Na pauta: informes gerais, audiência de conciliação no TRT-RJ, aposentadoria, insalubridade e plano de lutas. Compareça.

No momento o Sindsprev/RJ aguarda uma resposta formal da Funasa sobre a proposta de acordo apresentada em agosto pelo sindicato para agilizar o pagamento da vitoriosa ação de indenização de campo dos servidores da Vigilância em Saúde (ex-Funasa). No último dia 2,  dirigentes do Sindsprev/RJ estiveram em Brasília para cobrar uma resposta oficial da Funasa e de uma possível formalização do acordo.

De 9 de julho a 4 de agosto deste ano, 2.179 servidores da Vigilância em Saúde procuraram a sede e regionais do Sindsprev/RJ para, individualmente, autorizar a inclusão de seus nomes na proposta para a busca de acordo com a Fundação.

Movida em 2007 pelo Sindsprev/RJ, a vitoriosa ação de indenização de campo tramitou na 70ª Vara do Trabalho do Rio. No processo o Sindsprev/RJ pediu o pagamento de todas as correções monetárias aplicadas nas diárias e não repassadas às indenizações de campo. A ação transitou em julgado (não cabendo mais recursos por parte da Funasa) em março de 2012. Importante destacar que sómente o Sindsprev/RJ pode executar a ação.

Os servidores que não optaram por autorizar a inclusão de seus nomes na busca do acordo com a Funasa continuarão sendo representados processualmente pelo Sindsprev/RJ. Nesses casos a ação prosseguirá na Justiça, mas sem previsão de pagamento.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec