Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Saúde Federal  

Sindsprev/RJ repudia mentiras da direção do HFB e manipulação da TV Globo

25/10/2018

Num claro exemplo de mau jornalismo somado à omissão de gestores que deveriam tratar com zelo da coisa pública, mas não o fazem, a edição do Bom Dia Rio da última quarta-feira (25/10) tentou responsabilizar os servidores do Hospital Federal de Bonsucesso (HFB) pelo verdadeiro caos vivido há anos pela unidade. Caos que  vem se agravando na gestão da atual diretora-geral, Luana Camargo da Silva.

Segundo a matéria do Bom Dia Rio, os problemas de funcionamento do Hospital seriam provocados por uma  'disputa' entre Luana e os servidores da unidade, após a diretora-geral ter descoberto supostos privilégios desses servidores, que por isso estariam 'boicotando' a gestão. A reportagem do Bom Dia Rio disse ter baseado suas afirmações em documento da direção-geral do HFB, sem precisar que documento seria este.

O Sindsprev/RJ repudia as acusações genéricas feitas pela direção-geral do HFB aos servidores da unidade, como também repudia a parcialidade do Bom Dia Rio, que em nenhum momento procurou ouvir a versão dos servidores e suas entidades representativas sobre a real situação do Hospital de Bonsucesso, onde a falta de pessoal, a precariedade e o desabastecimento são uma constante, apesar das afirmações mentirosas da direção-geral da unidade, que continua se comportando como se tudo estivesse 'normal' no HFB.

Estranhamente, no mesmo dia de veiculação da reportagem (24/10) e imediatamente após uma concorrida assembleia dos servidores do HFB que questionou os desmandos da gestão da unidade, a diretora-geral Luana Camargo da Silva colocou à disposição os servidores Tatiana Martins Alves e Anderson Santos Ferreira, realocando-os para outros setores, sem nenhuma explicação plausível, a não ser o fato de que são lideranças reconhecidas do funcionalismo, com papel destacado nas lutas contra o sucateamento do Hospital. Para o Sindsprev/RJ, a realocação dos dois servidores é uma clara retaliação e um ataque ao direito de organização de todos os trabalhadores do HFB.

Exigimos direitos de resposta junto ao Bom Dia RJ e também exigimos o imediato retorno de Tatiana e Anderson a seus setores de origem.


Diretoria Colegiada do Sindsprev/RJ






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec