Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

GT da Saúde Federal aprova calendário de assembleias e atos nos hospitais contra reforma da Previdência

23/05/2019

 

Reunião do GT da Saúde Federal, no dia 22 de maio - foto: Niko

 

Da Redação do Sindsprev-RJ

Por Hélcio Duarte Filho


Com a participação de servidoras e servidores de diversas unidades hospitalares federais no Rio, o Grupo de Trabalho da Saúde Federal do Sindsprev debateu, na tarde da quarta-feira (22), a necessidade e a urgência de construir na base da categoria a luta contra a reforma da Previdência e em defesa do direito à aposentadoria.


Os servidores aprovaram um calendário de mobilização, com assembleias nos hospitais federais do Rio. O objetivo é debater o que representa para a categoria a reforma da Previdência, que o presidente Jair Bolsonaro quer aprovar no Congresso Nacional, e a situação da saúde pública diante do atual cenário político e econômico do país.


O calendário foi definido a partir de consulta e propostas de ativistas de cada local de trabalho. O GT aprovou a construção da greve geral convocada pelas centrais sindicais para o dia 14 de junho, tendo como eixo central a rejeição da reforma da Previdência. Aprovou-se ainda a realização de três atividades na saúde federal no dia 14 de junho: ato no Into às 7h da manhã, Aula Pública sobre a Previdência também às 7h no Hospital Cardoso Fontes e manifestação às 10 horas, no  Hospital Federal de Bonsucesso.


O GT decidiu ainda pela participação nos atos que estão sendo convocados para o dia 30 de maio, em defesa da educação pública, mas também da Previdência Social e do direito à aposentadoria. Haverá atos públicos em dezenas de cidades do país e provavelmente em todas as capitais.


Previdência


Os participantes constataram haver ainda muito desconhecimento sobre os impactos da reforma da Previdência e o significado de uma eventual aprovação da proposta. Reiteradas vezes foi afirmado que a PEC-06, que trata do assunto, levará ao fim da Previdência Social no Brasil e reduzirá direitos previdenciários de todos os trabalhadores.


A realidade dos hospitais após quase quatro meses de governo bolsonaro também foi abordada na reunião. A ameaça crescente da militarização e a manutenção ou piora das condições de trabalho foram destacadas como problemas a serem enfrentados. Os servidores também analisaram a situação do duplo-vínculo e a necessidade de se convocar uma reunião com todos que tenham tido redução de jornada, movido ações na justiça ou deixado o cargo público por conta disso.


Pouco depois da reunião do Grupo de Trabalho da Saúde Federal, a assembleia geral da categoria, também realizada na sede do sindicato, aprovou a participação nos atos do dia 30 de maio e na greve geral convocada para 14 de junho.


Calendário de atividades


Assembleias nos hospitais

  • Hospital de Ipanema: 3, 5, e 7  de junho, 13h
  • Into: 5 e 6 de junho, às 10h
  • HFSE: 5 de junho, às 10h
  • HFB: 4 e 5 de junho, às 10h
  • Hospital do Andaraí: 5 de junho, 14h
  • INC: 11 de junho, 10h

Participação em dias de luta aprovados:

  • Atos em defesa da Educação Pública e contra a reforma da Previdência: 30 de maio
  • Greve Geral convocada pelas centrais sindicais: 14 de junho

Atos na Saúde Federal marcados para 14 de junho


  • Ato no Intos - às 7h
  • Aula Pública sobre a reforma da Previdência - 7h no Cardoso Fontes
  • Ato unificado no HGB - às 10h.





     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec