Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Federal  

Sindsprev/RJ cobra do Ministério da Saúde aposentadoria de cedidos

30/10/2019

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Olyntho Contente

A diretora da Regional Oeste do Sindsprev/RJ, Clara Fonseca, entregou à Superintendência do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro, no 10º andar do prédio da Rua México, 128, documento reivindicando o cumprimento da lei e a concessão da aposentadoria aos servidores federais da saúde cedidos ao município do Rio de Janeiro. Na Zona Oeste há mais de 100 trabalhadores que já ultrapassaram o tempo exigido, requereram o direito, não sendo atendidos.

Acompanhada de outros servidores federais da saúde, Clara entregou ofício à assessoria do superintende Jonas Rosa, que não recebeu o documento pessoalmente, sob o argumento de que se encontrava em reunião. Como aconteceu em todos os estados, em maio o governo Bolsonaro extinguiu os núcleos e coordenações dos hospitais federais (no Rio, o NERJ e o DGH), substituindo-os por superintendências com as mesmas funções. Ao mudar a estrutura, extinguiu a Ouvidoria, órgão que perimitia a comunicação direta de servidores e usuários da rede federal com o Nerj.

Clara disse esperar que Rosa resolva a questão. “O governo não pode deixar de cumprir a lei, aposentando quem já tem direto e requereu o direito. Esperamos uma resposta para breve, de modo a corrigir esta injustiça”, afirmou.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec