Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 13/12/2018 05/12/2018 05/12/2018 04/12/2018 28/11/2018
Funasa  

Funasa: assembléia referenda acordo para ação de indenização de campo

16/07/2018


Assembleia da Vigilância em Saúde (ex-Funasa) lotou o auditório do Sindsprev/RJ e referendou a busca de acordo com a Funasa, para agilizar o pagamento da ação de indenização de campo

Foto: Mayara Alves

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

Assembleia da Vigilância em Saúde (ex-Funasa) realizada nesta segunda-feira 16, no auditório do Sindsprev/RJ, reafirmou o trabalho de coleta de autorizações individuais dos servidores para que o sindicato faça acordo com a Funasa visando agilizar o pagamento da vitoriosa ação de indenização de campo. Iniciada no último dia 9/7, a coleta de autorizações dos servidores continuará sendo feita até 4 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h, no auditório do sindicato (rua Joaquim Silva, 98 – térreo – Lapa), próximo aos arcos. A coleta de autorizações também será feita pelas regionais do Sindsprev/RJ, nos mesmos dias e horários. Se você é servidor da Vigilância em Saúde (ex-Funasa), compareça e faça sua opção.

Até o momento, mais de mil servidores já autorizaram a opção pelo acordo da ação via Sindsprev/RJ.

Só o Sindsprev/RJ pode executar a ação

Presente à assembleia, o advogado do Sindsprev/RJ, Roberto Marinho, explicou os detalhes da ação. “Essa ação é coletiva e foi movida pelo Sindsprev/RJ em benefício de todos os servidores, sindicalizados e não sindicalizados. Portanto, sómente o Sindsprev/RJ pode assinar acordo com a Funasa visando agilizar o pagamento da ação. Mas é preciso que cada servidor, individualmente, venha ao sindicato e faça a sua opção pelo acordo. Também lembro que os cálculos dos valores a receber serão individualizados. Quanto mais servidores optarem pelo acordo, mais representativa será a negociação com a Funasa”, explicou Marinho. Segundo ele, os servidores que não quiserem optar pelo acordo com a Funasa continuarão sendo representados processualmente pelo Sindsprev/RJ. Nesses casos a ação prosseguirá na Justiça, mas sem previsão de pagamento.

Acordo pode acelerar pagamento

A expectativa de dirigentes do Sindsprev/RJ é de que, com a celebração do acordo, o pagamento dos valores da ação seja efetuado ainda este ano. “Além de acelerar a possibilidade de pagamento, o acordo está sendo feito de forma transparente, em todas as suas etapas”, afirmou Albirato de Jesus, da direção do Sindsprev/RJ. O também dirigente do sindicato Pedro Lima destacou as vantagens de se buscar um acordo. “Todos sabem o quanto o pagamento dessa ação de indenização de campo pode demorar. Por isso buscamos um acordo, mas com todo o cuidado para evitar questionamentos na justiça e para viabilizar o pagamento aos servidores”.

“A nossa categoria já não agüenta mais esperar tanto tempo pra receber um direito que é dela, o passivo da indenização de campo. Vamos todos fortalecer essa luta, aderindo ao acordo que pode agilizar o pagamento”, completou Octaciano Ramos, da direção do Sindsprev/RJ. 






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec