Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Aposentados: plenária aprova propostas para solucionar crise na Geap

25/08/2016

Aposentados da seguridade e seguro social aprovam deliberações na plenária desta quinta-feira (25/8)
Foto: Fernando França

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Olyntho Contente

Que os servidores se organizem nacionalmente para exigir que os planos de saúde da Geap Gestão de Saúde e da Capesesp sejam realmente autogestionários, ou seja, administrados pelos associados. E que, para isto, se acabe com o voto de minerva, passando os associados a ter direito a ocupar 75% da diretoria desses planos, cabendo 25% ao governo. Estas foram algumas das principais propostas aprovadas pela plenária que reuniu, nesta quinta-feira (25/8), pela manhã, no auditório do Sindsprev/RJ, aposentados e pensionistas da seguridade e do seguro social. O encontro foi convocado pela Secretaria de Aposentados e Terceira Idade do Sindicato.

A proposição, bem como outras aprovadas, será levada à discussão no Encontro Nacional dos Aposentados (Enapo), passando a contar, assim,  com o apoio de todas as categorias participantes de planos de saúde autogestionários. A ideia é que o tema “planos de saúde com autogestão” seja um dos pontos de pauta do encontro que acontece de 14 a 17 de setembro, em Maceió. O evento servirá para organizar a luta do segmento contra os ataques do governo golpista de Michel Temer (PMDB) a direitos trabalhistas e previdenciários. Entre esses ataques está a intervenção na Geap, com destituição do presidente da entidade escolhido pelos trabalhadores, e a implementação do índice de 37,75% sobre a mensalidade do plano. Os trabalhadores haviam conquistado o índice de 20%, por meio de liminar concedida em ação movida pela Fenasps. O objetivo do governo é acabar com qualquer possibilidade de autogestão, aumentar o sucateamento e extinguir a Geap, empurrando os servidores para os planos de saúde privados.

Reunião dos delegados do Sindsprev/RJ

Para fortalecer a luta em defesa da Geap e da Capesesp e passar a administração desses planos para o controle dos trabalhadores, o Sindsprev/RJ deu início a uma série de reuniões como a desta quinta-feira. Nesse sentido foi criado na reunião o Fórum Permanente de Acompanhamento da Geap, aberto à participação de servidores da ativa e aposentados e que terá sua primeira reunião no dia 21 de setembro, às 10 horas. Os delegados do Sindsprev/RJ ao Enapo se reúnem dia 10/9, no auditório do Sindicato, para preparar a defesa das propostas aprovadas na reunião desta quinta.

Outras propostas

Foram aprovadas outras propostas, entre elas: reunião com o Jurídico do Sindsprev/RJ visando preparar ação judicial pelo retorno dos servidores desligados da Geap unilateralmente; redução no desconto ao plano dos que fazem saúde preventiva; que o Sindsprev/RJ sustente financeiramente a ida de associados da Geap a Brasília para negociações e mobilizações; criação de uma representação do plano na Região dos Lagos para resolver os inúmeros problemas ligados ao atendimento; ressarcimento dos valores gastos pelos servidores da Região dos Lagos com serviços de saúde não prestados pelos hospitais locais; e aumento da rede credenciada. Além disso, exigir a prestação de contas e a fiscalização do programa Viva Melhor; verificar se a participação financeira do governo na Geap está sendo feita; e cobrar esclarecimentos em relação ao pecúlio.


E ainda:

  • que a Geap mantenha o reajuste no índice de 20%  contribuição;
  • que a Geap credencie o Hospital de Clínicas Lagos/Araruama;
  • que a Geap estruture pólos de atendimento no interior, com acessibilidade e mobilidade para dar assistência aos geapianos;
  • assistência para a Terceira Idade em todos os programas da Geap;
  • assistência odontológica em todos os planos da Geap;
  • que a Geap divulgue informações atualizadas sobre a rede credenciada;
  • auditoria e avaliação contínua do funcionamento da rede credenciada, tanto internamente pela Geap quanto pelos geapianos, inclusive com visitas aos hospitais;
  • que a GEAP disponibilize o extrato analítico da participação dos geapianos nos procedimentos.





     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec