Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Fórum aprova plano de lutas em defesa dos contribuintes da Geap

21/09/2016

Servidores aposentados do Rio de Janeiro organizam-se por seus direitos. Fórum é aberto aos da ativa
Foto: Fernando França

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Olyntho Contente

Reunidos no Fórum de Qualidade de Vida e Saúde, nesta quarta-feira (21/9), no auditório do Sindsprev/RJ, contribuintes e ex-contribuintes da Geap aprovaram um plano de lutas em defesa dos seus direitos e da própria Geap Saúde e Geap Pecúlio, esta última transformada em Fundação Viva de Previdência pelo governo Temer (PMDB). Fazem parte do Plano de Lutas a realização de um ato público, em Brasília, em frente à Geap, e outro no Rio de Janeiro, em frente à Agência Nacional de Saúde (ANS), entidade reguladora dos planos de saúde privados, além de um Encontro Estadual de Peculistas da Geap, dia 11 de outubro, no Sindsprev/RJ.

Foram aprovadas ainda a colocação do Jurídico do Sindicato à disposição dos associados que optarem por entrar com ações para garantir direitos junto ao Geap Saúde e à Fundação Viva e a eleição de uma comissão para acompanhar estas ações e as já em tramitação. Integram a comissão as diretoras do Sindicato Neide Pinheiro, Maria Ivone Suppo e Edna Theodoro e os ex-diretores Edith Brandão, Maria Celina Oliveira e Crispim Wanderley. Foi aprovado ainda garantir, junto ao Sindsprev/RJ, os meios para a participação de representantes do Rio de Janeiro no Encontro Nacional de Aposentados da Fenasps, dias 15, 16 e 17 de outubro, em Brasília.

Crise na Geap

Foram feitas inúmeras críticas em relação ao mau funcionamento da Geap, à rede credenciada restrita, apesar do valor cobrado, e sobre o reajuste abusivo, contestado judicialmente, cuja liminar da Fenasps foi cassada. Foram dados informes, ainda, sobre a intervenção do governo golpista de Michel Temer (PMDB) na Geap, que, entre outras medidas, substituiu os representantes eleitos pelos trabalhadores por indicações do Partido Popular (PP) e mudou a razão social da Geap Pecúlio para Fundação Viva.

Com a intervenção, a autogestão do plano, que já não existia de fato por conta do 'voto de Minerva' do governo, foi definitivamente enterrada. Em contrapartida, em função das decisões tomadas pela intervenção, o Ministério Público Federal instaurou inquérito para investigar a existência de irregularidades desde a transformação da antiga Patronal em Geap Saúde, um plano de autogestão, passando pelas mudanças que deram maior poder aos ministérios patrocinadores, acabando com esse modelo de administração controlada pelos trabalhadores, donos do plano, definitivamente enterrado com as medidas golpistas tomadas pela intervenção.

Enapo

No Fórum, foram dados informes sobre o 18º Encontro Nacional de Aposentados (Enapo), em Maceió, de 14 a 17 de setembro. Participaram representantes de 10 estados, entre eles o Rio de Janeiro. Foram feitas palestras e debates sobre a situação da Geap e CapesSaúde, sobre o golpe de Estado que substituiu a presidente Dilma Roussef por Michel Temer e a respeito dos ataques que o governo golpista pretende implantar.

Na avaliação final ficou patente a necessidade de ampliar a organização dos aposentados para o enfrentamento das medidas que visam retirar direitos dos trabalhadores, principalmente a reforma da previdência. Estimular e unificar a luta do setor com a de outros setores da sociedade. Buscar e compartilhar informações sobre as PEC 555 e 241 e o PL 257. As propostas foram ratificadas no Fórum do Rio de Janeiro. O próximo Enapo será em Mato Grosso do Sul, em data e local a serem definidos.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec