Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Contra a PEC 55, servidores fazem ato unificado nesta terça-feira (13/12)

12/12/2016

 

 

 

 

Servidores públicos federais na preparação do ato unificado de 29/11. Idéia é fazer nova manifestação nesta terça (13/12) contra a PEC 55
Foto: Niko

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por André Pelliccione

A exemplo do ocorrido em 29 de novembro último, nesta terça-feira (13/12) serão realizados atos unificados de servidores públicos federais em Brasília e nas principais capitais brasileiras, como parte da luta contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55, a chamada ‘PEC da morte’, cuja votação no Senado, em segundo turno, está prevista para o mesmo dia.

No Rio de Janeiro, a manifestação será na Candelária, a partir das 17h, de onde os servidores iraõ em passeata até a Alerj. Os atos são convocados pelas centrais sindicais, sindicatos, movimentos sociais e entidades estudantis.

PEC 55 ataca direitos do funcionalismo e da população

Em linhas gerais, a PEC 55 utiliza o orçamento federal dos três poderes de 2016 como base para as despesas com gastos não financeiros para os próximos 20 anos. Os recursos destinados às despesas primárias seriam no máximo atualizados pelo IPCA, índice do IBGE que mede a inflação.  Por outro lado, os gastos com juros e amortizações das dívidas públicas – que beneficiam banqueiros – seguiriam livres, sem restrições. Na prática, a PEC 55 vai inviabilizar reajustes salariais, concursos públicos e planos de carreira do funcionalismo, além de prejudicar a população por conta da redução de verbas dos serviços públicos.

 

 






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec