Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Ocupa Brasília já reúne 120 mil pelo Fora Temer e fim das reformas, afirmam centrais

24/05/2017


Saída da marcha teve que ser antecipada devido ao grande número de manifestantes no Mané Garrincha
Foto: Mayara Alves

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por 
Hélcio Duarte Filho  - Direto de Brasília

Uma multidão tomou conta das principais avenidas da capital federal. A passeata do ‘#Ocupa Brasília’ partiu da concentração nos arredores do estádio Mané Garrincha quase duas horas antes do previsto, em direção ao Congresso Nacional. Houve acordo entre as centrais de antecipar a saída em função do grande número de pessoas que se concentravam no local.

Manifestantes já falam no provavelmente maior ato da histórica da capital federal. Já é, sem dúvida, o maior desde que o presidente Michel Temer assumiu o poder, há exatos um ano e doze dias, após o afastamento da presidente Dilma. Todas as centrais sindicais participam do ato e levam como bandeiras a defesa do fim do governo, das reformas da Previdência e Trabalhista e a revogação das medidas já aprovadas, como permissão para terceirização indiscriminada de qualquer posto de trabalho. Várias entidades defendem a convocação de uma greve geral de 48 horas como próximo passo dessa luta.

 Servidores do Judiciário Federal e do MPU participam

 "É o maior ato que já vi em Brasília", disse Elcimara, servidora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Muita gente ainda não chegou em Brasília. Ônibus ainda estão nas estradas. Além disso, muitos manifestantes haviam planejado se deslocar para o ato mais tarde – a passeata estava prevista para sair entre 13 e 14 horas. Servidores da saúde e Previdência, que integram a caravana do Sindsprev-RJ, participam do protesto.



Ato em Brasília contra as reformas

Início do ato foi antecipado em quase duas horas porque organizadores avaliaram que concentração no Mané Garrincha já estava muito grande.
- Foto: Mayara Alves



     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec