Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Niterói também terá protestos contra reformas de Temer nesta sexta (30)

29/06/2017

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por Hélcio Duarte Filho

Mobilizações contra a retirada de direitos devem marcar a greve geral de 24 horas em Niterói, nesta sexta-feira (30). Estudantes e outros setores convocaram manifestação para as 14 horas, na Praça da Cantareira, em São Domingos. A idéia é dali saírem em passeata pelas ruas da cidade.

Os protestos e a paralisação nacional são contrários às ‘reformas’ trabalhista e da Previdência Social, nas ruas do Centro de Niterói. A realização das manifestações foi debatida na Plenária de Mobilização Para Greve Geral em Niterói, realizada na noite da quarta-feira (28), no campus do Gragoatá da UFF (Universidade Federal Fluminense). O Sindsprev-RJ participou da atividade.

Também devem acontecer atividades e mobilizações desde o início da manhã na cidade, como ocorreu na greve geral de 28 de abril. O movimento também defende o fim do governo do presidente Michel Temer, que acaba de ser denunciado pelo procurador-geral da República por corrupção passiva. Temer é acusado de se vender para empresários.  

Ato na Candelária

Ao final da tarde desta sexta-feira (30), haverá manifestação conjunta, em ato unificado com várias categorias de trabalhadores, na Candelária (RJ), a partir das 17h. O Sindsprev-RJ convida os servidores da Seguridade Social para participar. A categoria decidiu, em assembléia, aderir ao movimento paredista.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec