Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Sindsprev/RJ repudia agressões sofridas por estudante que registrava queixa de furto em delegacia de Niterói

18/07/2017

Secretaria de Gênero, Raça e Etnia do Sindsprev/RJ


A Secretaria de Gênero, Raça e Etnia do Sindsprev/RJ repudia publicamente a atitude preconceituosa de um policial civil lotado na 81ª DP (Itaipu), Niterói, que, na madrugada do último dia 13/7,  agrediu com socos, tapas e xingamentos o estudante Andrei Apolônio dos Santo, quando este havia procurado aquela DP para registrar o furto de seu celular.

O policial em questão, além de recusar-se a registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.), ameaçou o estudante Andrei, que é assumidamente homossexual.

As agressões contra Andrei são intoleráveis e inaceitáveis em qualquer situação, devendo ser exemplarmente punidas. Mas são agressões que mostram o quanto ainda a formação social brasileira precisa avançar na luta contra os preconceitos de raça, cor, etnia e orientação sexual, como atestam inúmeros e constantes casos de agressões semelhantes que ocorrem nos quatro cantos do país.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec