Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Geral  

Anistiados do governo Collor reorganizam luta pela reintegração

07/11/2017

Assembleia de anistiados teve boa participação
Foto: Niko 

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

Servidores do Ministério da Saúde (MS) e anistiados do governo Collor reuniram-se em assembleia nesta terça (8), no auditório do Sindsprev/RJ. O objetivo foi dar novo impulso à luta pela reintegração dos que ainda não conseguiram retornar ao serviço público com base na Lei 8878/94 e apresentar informes sobre as principais ações judiciais movidas em benefício desses trabalhadores.

Sobre o primeiro ponto, ainda permanece uma situação dramática, em nível nacional, onde cerca de 15 mil servidores ainda não conseguiram retornar a seus postos de trabalho após terem sido demitidos durante a reforma administrativa implementada pelo então presidente Fernando Collor.

Quanto à luta judicial, além das demandas já existentes, o Sindsprev/RJ estuda a possibilidade de ingressar com ações pela garantia da contagem de tempo especial para fins de aposentadoria e pela incorporação de gratificações como Gacen e GDPST, entre outras.

“Nos anos 90 milhares de servidores foram demitidos injustamente. Depois foi promulgada a Lei 8878, que lhes garantia anistia com possibilidade de retorno. Mesmo assim, os sucessivos governos não cumpriram a lei e houve casos de trabalhadores que até faleceram tentando voltar ao trabalho”, afirmou Mardones da Costa, servidor do Ministério da Saúde.

Diretor da secretaria sócio-cultural do Sindsprev/RJ, o servidor Enilton Felipe também criticou a omissão dos governos brasileiros sobre a situação dos anistiados. “Já tivemos dois projetos de lei aprovados no Congresso Nacional e depois vetados pela então presidente Dilma. O que existe é mesmo uma grande falta de consciência e de vontade dos governos, mas estamos nos reorganizando para lutar contra isso e nossa idéia é voltar a ter assembléias periódicas”, concluiu.

Assista ao vídeo do cinegrafista Adelino Matias, com entrevista sobre a situação dos anistiados, clicando aqui.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec