Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Geral  

Geap: ação do Sindsprev/RJ contra abusivo aumento de 23,44% prossegue na Justiça

30/11/2017

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

Em junho deste ano, o Sindsprev/RJ, por meio de seu Departamento Jurídico, ingressou com ação civil pública (processo nº0130241.64.2017.8.19.0001), junto à 6ª Vara Empresarial do Rio, contra o abusivo aumento de 23,44% no custeio da Geap Saúde, em vigor desde o dia 1º de fevereiro de 2017. Na ação o Sindsprev/RJ pede concessão de liminar (antecipação de tutela) para sustar os efeitos do reajuste e que a Geap seja condenada a devolver aos segurados, com juros e correção monetária, as diferenças cobradas a mais por conta do reajuste de 23,44%. Até o momento, porém, ainda não houve decisão por parte do Judiciário.

Reajuste é abusivo e brutal

O reajuste de 23,44% é exorbitante e muito além da capacidade de pagamento dos cerca de 600 mil segurados da Geap e seus dependentes. É preciso lembrar que o INPC, índice que mede a inflação oficial do país, fechou o ano de 2016 no percentual de 6,57%. Ou seja: o aumento aplicado pela Geap foi quase quatro vezes superior à inflação acumulada nos últimos 12 meses.
Considerando que, no ano anterior (2016), já havia sido aplicado um reajuste de 37,55% no custeio da Geap, o reajuste cumulativo de 2016 e 2017 chegou, em alguns casos, a aumentos de quase 170%. O que mostra a política deliberada, por parte da Geap, de expulsar do plano milhares de segurados, especialmente os mais idosos, considerados ‘não lucrativos’ pela seguradora.

Fórum de Qualidade de Vida se reúne com Geap

O Fórum de Qualidade de Vida e Saúde/GT/Aposentados continua se reunindo todas as quartas-feiras, no Sindsprev/RJ, para formular propostas alternativas dos trabalhadores para a Geap.

Na próxima terça-feira, 5/12, representantes do Fórum participam de audiência com a gerência da Geap no Rio de Janeiro (av. Pres. Vargas, 2555 - 10º andar - Praça XI). Além de questionamentos aos abusivos reajustes aplicados no custeio da Geap, o Fórum questiona a própria forma de organização da seguradora, que não possui rede própria e atua na mesma lógica dos planos privados de saúde.

“Precisamos avançar nessa discussão. Os abusivos reajustes são apenas a ponta de um processo de degradação muito mais profundo que hoje ocorre na Geap, uma seguradora que não se preocupa em ter rede própria e atua na mesma lógica dos planos privados de saúde, uma lógica perversa e desumana. É isso que precisamos mudar”, explicou Crispim Vanderley, do Fórum de Qualidade de Vida/GT/Aposentados.
,

 






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec