Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Geral  

Passeata no Rio: 'A violência contra mulher não é o mundo que a gente quer'

08/03/2018


Passeata do 8 de Março no Rio: protesto contra todas as formas de violência e críticas à intervenção militar
Foto: Niko

Da Redação do Sindsprev-RJ
Por Hélcio Duarte Filho

A intensa chuva que caiu sobre do Rio no fim da tarde e à noite, com alguns momentos de trégua, não impediu que milhares de mulheres ocupassem as ruas o Centro na quinta-feira (8). No Dia Internacional das Mulheres, marcado por atos em dezenas de países do mundo, nos quais a defesa de direitos iguais e o combate a violência sexista estiveram presentes, as mulheres caminharam da Candelária até a Praça XV, expondo as bandeiras que o movimento defende.

'A violência contra mulher não é o mundo que a gente quer', cantaram as manifestantes em vários momentos do ato, que também condenou a intervenção federal e militar no Rio de Janeiro. "Hipocrisia, a guerra às drogas mata preta todo dia", ecoaram as mulheres no ato, que teve a participação de homens. "Obrigado pela sua luta", dizia o cartaz carregado de um deles.

A passeata também contou com muitas referências às reformas do governo Temer – palavras de ordem rejeitavam a PEC da Previdência e as mudanças nas leis trabalhistas. Os governos Temer, na esfera federal, Pezão, na estadual e Crivella, no âmbito municipal, foram alvos dos manifestantes.

O Sindsprev-RJ e servidores da saúde, Previdência e Trabalho participaram do ato.


(em breve, mais sobre a cobertura do Dia Internacional das Mulheres)






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec