Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 12/09/2017 06/09/2017 01/09/2017 30/08/2017 30/08/2017
Geral  

Militantes da Liga para a Quarta Internacional são perseguidos no México

24/05/2018

Da Redação do Sindsprev/RJ

O Sindsprev/RJ se solidariza com a luta dos militantes socialistas Arturo Villalobos Ordóñez e sua esposa, Patricia Méndez Jiménez, de Oaxaca, no México, que vêm sendo barbaramente perseguidos pelas forças policiais daquele país após terem questionado as políticas neoliberais do governo mexicano e suas reformas para a área da saúde pública.
No último dia 7 de maio, a casa de Arturo e Patrícia foi invadida por jagunços, que agrediram brutalmente o filho docasal, Nizván, após saquearem a residência.

Arturo Villalobos é um conhecido porta-voz em Oaxaca para o Grupo Internacionalista (GI), seção mexicana da Liga para a Quarta Internacional. Os agressores estavam procurando também por outros dois membros da família que são membros do GI. Arturo tem sido alvo de repressão desde que corajosamente liderou uma equipe médica que desafiou cerco policial ao redor da cidade de Nochixtlán, Oaxaca, para tratar os sobreviventes de um massacre policial em junho de 2016.

Uma entrevista coletiva de imprensa foi realizada dia 8 de maio para denunciar as agressões contra Arturo e sua família, que são agressões contra todos os trabalhadores que lutam contra o neoliberalismo e as privatizações no México.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec