Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Geral  

Dia do Basta: nesta sexta, protestos nacionais contra retrocessos do governo Temer

10/08/2018

 

Trabalhadores voltam às ruas neste Dia do Basta em protesto contra os ataques do golpista Michel Temer (MDB)  Foto: Fernando França

Da Redação do Sindsprev/RJ
Olyntho Contente

Desde as primeiras horas desta sexta-feira (10/8), os trabalhadores fazem paralisações e participam de protestos como parte do Dia do Basta. Convocado pelas centrais sindicais, entre elas a CSP-Conlutas, Intersindical, CUT e CTB, é uma mobilização nacional de repúdio aos ataques do governo Temer e do Congresso Nacional à população brasileira, através do corte de investimentos nas áreas sociais (PEC 95 e contingenciamento), aprovação da reforma trabalhista e da terceirização irrestrita, aprofundamento da política econômica recessiva, de alto desemprego, além da entrega das riquezas naturais brasileiras a grupos transnacionais, das privatizações e do sucateamento do setor público.

O Dia do Basta é também uma preparação das lutas contra a reforma da Previdência que a maioria dos candidatos a presidente anuncia como parte e sua plataforma. Uns de forma mais ostensiva, outros velada, e um pequeno número se posiciona contra.

Protestos e paralisações no estado do Rio

No estado do Rio de Janeiro, desde as 5 horas, estão acontecendo manifestações nas mais importantes cidades. Diversas categorias fazem paralisações. Petroleiros promovem atrasos na troca de turno, bancários param agências do Centro da Cidade até o meio-dia, não só no Rio, mas em todo o país (como parte também de sua campanha salarial), e setores do serviço público também paralisam suas atividades parcialmente.

Estão previstos, entre outros, atos em Caxias, a partir das 6h30, na porta da Refinaria Duque de Caxias (Reduc); em Angra dos Reis, às 7h45, no porto de Angra; em Volta Redonda, às 15h na Praça Juarez Antunes;  no Calçadão de Campos, às 16 horas; e em Macaé, às 17 horas, na Praça Ver. de Mello. Na capital, a principal manifestação está prevista para as 17 horas, na Praça XV.

Na capital fluminense

Na capital, estão previstas várias mobilizações. A começar por uma vigília com panfletagem de 6 horas ao meio-dia, na Central do Brasil. Em seguida ocorrerão atos unificados (de 12 horas às 16 horas) na porta do Edifício Sede da Petrobras (Edise), na Avenida Chile, e no Boulevard da Avenida Rio de Branco, ao lado do prédio da Caixa Econômica Federal da Avenida Almirante Barroso. No Rio, as atividades do Dia do Basta terminam com uma grande manifestação unificada na Praça XV. A concentração está marcada para acontecer a partir das 17 horas.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec