Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
INSS  

Sindsprev/RJ repudia humilhação sofrida por segurado em agência do INSS

12/07/2019


Por meio de sua diretoria, o Sindsprev/RJ protesta de forma veemente contra a negligência de que foi vítima o segurado do INSS Jorge Crim, de 62 anos, durante sua tentativa de ser atendido pela perícia médica da agência do Instituto na Av. Marechal Floriano, Centro do Rio, na última quinta-feira (11/7). Cadeirante, o segurado Jorge Crim teve de subir sentado os degraus da escada da referida agência, após ter sido informado de que o elevador estava quebrado. Há seis meses, ele já havia enfrentado o mesmo problema, o que o obrigou a reagendar a perícia.

Em resposta a tamanho absurdo, o INSS tentou se eximir da responsabilidade ao afirmar que ‘a perícia médica não seria da ingerência do Instituto’. O que é inaceitável.

O ocorrido com o segurado Jorge Crim foi na verdade o resultado do intenso sucateamento pelo qual tem passado o INSS nos últimos anos, como parte da política de desmonte da previdência pública aplicada pelo atual governo. Sucateamento que tem deixado parte expressiva das APS do Instituto em situação precária quanto às instalações e equipamentos utilizados diariamente no atendimento a milhões de segurados.

Cumpre ressaltar que, além do sucateamento, o INSS tem um déficit de recursos humanos já superior a 19 mil servidores em nível nacional, problema que tende a se agravar, uma vez que o atual governo já manifestou publicamente a intenção de não mais realizar concursos para o serviço público federal.

Diretoria Colegiada do Sindsprev/RJ






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec