Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Municipal  

Saúde de Nilópolis para contra redução salarial e atraso de pagamento

17/10/2016

Servidores da rede municipal de Saúde de Nilópolis (RJ) fizeram uma paralisação de 24 horas
Foto: Colaboração

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por Olyntho Contente

Os servidores da rede municipal de Saúde de Nilópolis (RJ) fizeram uma paralisação de 24 horas, nesta segunda-feira (17/10), contra o corte das gratificações dos médicos, enfermeiros e técnicos e da verba do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) dos agentes comunitários de saúde (ACS). No caso destes últimos, o não pagamento poderia ser caracterizado como apropriação indevida, já que os recursos para o pagamento do PMAQ foram repassados pelo governo federal.

Também hoje, os servidores da saúde fizeram um ato público em frente à Secretaria Municipal de Saúde, de onde caminharam até a Prefeitura. Foi formada uma comissão, integrada por representantes dos médicos, enfermentos, técnicos, dos ACS e dirigentes do Sindsprev/RJs para cobrar do prefeito Alessandro Calazans (PMDB) a normalização dos salários e do pagamento. Assessores do prefeito informaram que ele não se encontrava.

Novo ato na quinta-feira

A luta dos servidores vai continuar. Já foi marcado um novo ato para a próxima quinta-feira, às 9 horas, em frente à Secretaria de Saúde. Como fizeram hoje, vão caminhar até a Prefeitura onde aguardarão ser recebidos por Alessandro.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec