Home
|
|
|
|
|

| Saúde Federal | Saúde Estadual | Saúde Municipal | INSS | MPS | Funasa | DRT | PSF ACS ACE | Ações Judiciais | Comunitário | Política | Economia | Cultura | Geral | Galeria de Fotos | Links | Erramos 30/05/2019 15/05/2019 14/05/2019 03/05/2019 10/04/2019
Saúde Municipal  

Na sexta(11/11), saúde de Niterói também protesta e paralisa atividades

08/11/2016

Ao lado, cartaz de divulgação do ato público de Niterói
Arte: Virginia Aor

Da Redação do Sindsprev/RJ
Por André Pelliccione

Como parte do Dia Nacional de Greve e Manifestações marcado para esta sexta-feira 11, os servidores da saúde municipal de Niterói vão paralisar suas atividades por 24h, conforme indicativo de sua assembleia municipal unificada. Vão paralisar atividades todas as unidades de saúde, inclusive médicos de família, com exceção das atividades essenciais.

Às 14h, na Praça da República, em frente à Câmara Municipal, os servidores de Niterói fazem ato público contra a PEC 241 e o PLP 257, que retiram direitos do funcionalismo e cortam recursos dos serviços públicos. Nesta manifestação os servidores vestirão roupas pretas em sinal de protesto.

Após o ato na Praça da República, os servidores da saúde de Niterói se deslocarão para o Rio de Janeiro, onde vão se juntar ao ato unificado de todo o funcionalismo contra a PEC 241 e o PLP 257, convocado pelas centrais sindicais, como CSP-Conlutas, CUT e CTB, além de movimentos sociais e as frentes Brasil-Popular e Povo Sem Medo. A concentração para esse ato será a partir das 17h, na Candelária, de onde os servidores seguirão em passeata até a Alerj.

O calendário de lutas em Niterói está sendo organizado pelo Sindsprev/RJ (Regional Niterói) e pela Associação dos Servidores da Saúde de Niterói.






     Voltar

Ir para o topo | Envie esta página para um amigo | © SINDSPREV 2007  |  Desenvolvido por Spacetec